top of page
Buscar

Por que repetimos sempre os mesmos erros?

Atualizado: 10 de dez. de 2019

"Soy lo que repito" (Nasio, 2016, p. 37).




Gostaria de convidar você a partilhar algumas questões contidas em um livro de vital importância para mim, escrito pelo brilhante psicanalista argentino Juan David Nasio. Trata-se do livro "Por qué repetimos siempre los mismos errores?" (2016), onde o autor nos leva a considerar como o inconsciente é repetição; em outras palavras, como a nossa existência é movida pela força inconsciente da repetição...


Repetição sã e repetição patológica:

A repetição é imanente à vida e participa de maneira fundamental na afirmação de nossa identidade através de nossos sentimentos, pensamentos e atos.


Nasio (2016) distingue duas naturezas relativas à repetição: a repetição sã e a repetição patológica.


À primeira, correspondem as repetições às quais "o sujeito está orgulhoso de seu passado, ainda que este tenha sido por vezes difícil, um sujeito que está de acordo consigo mesmo, isto é, um sujeito que está em paz com seu inconsciente" (Nasio, 2016, p. 40).